domingo, 6 de maio de 2018

Espanha e França 2018
Dia 5 (06 de Maio de 2018)
(Burgos - Hondarribia)
 A manhã está com o céu aberto e a temperatura já se nota elevada em relação aos dias anteriores. Após algum tempo que a autocaravana esteve a funcionar pareceu-me que estava tudo bem e o painel de instrumentos não apresentava qualquer anomalia ou luz de aviso pelo que procedemos à manutenção das águas e saímos pelas 8,30 horas em direcção a Hondarribia. Durante a viagem paramos numa gasolineira da Avia em Ubegi Zeharbidea, Donóstia Guipuzkoa, para meter gasóleo cujo preço estava a 1.179 € o litro.
Quando chegámos a Hondarribia por volta das 11,30 horas, não foi possivel estacionar no local que estava previsto, pois esse parque de estacionamento tem probição para veiculos com mais de 2,20 m de altura e 5,00 m de comprimento, pelo que optámos por estacionar numa rua próxima onde se encontravam também mais 4 autocaravanas.
Como curiosidade o nome desta cidade é Hondarribia, em basco, Funterrabia na lingua espanhola e sendo também conhecida por Fontarrabie em francês.


Hondarribia é banhado pelas águas do Mar Cantábrico e encontra-se localizada a nordeste do território histórico de Gipuzkoa na região de Bidasoa-Txingudi, no sopé do Monte Jaizkibel.
As principais festas de Hondarribia celebram-se de 7 a 11 de Setembro, coincidindo com a festa da padroeira da cidade, Virgem de Gaudalupe no dia 8 de Setembro.
Após o almoço fomos até à parte nova da cidade em que a rua de acesso pedonal se encontrava completamente cheia de gente, espalhados pelos diversos restaurantes e bares ali existentes e com esplanadas instaladas pelos passeios.
Passeámos um pouco pela marginal desta maravilhosa baía a observar o estuário do rio Txingudi que separa as praias de Hondarribia e Hendaya.
Seguidamente optámos por entrar no casco histórico, situado atrás das muralhas, de grande valor com as suas ruas de paralelepípedos cheias de brasões e as casas, com varandas de madeira ou ferro, encontrando-se restauradas e muito bem preservadas.
As muralhas do casco histórico, de origem medieval e cujo acesso intramuros se efectuava através de 2 portas, a porta de Santa Maria e a porta de São Nicolau, ambas com a respectiva ponte levadiça.


Porta São Nicolau de acesso ao casco antigo de Hondarribia

Porta São Nicolau de acesso ao casco antigo de Hondarribia


Muralhas do casco histórico de Hondarribia

Muralhas do casco histórico de Hondarribia

A poucos metros da Praça de Armas podemos admirar a igreja do século XVI, de estilos gótico, renascentista e barrocas. A Igreja encontrava-se fechada e apenas abre aos fins de semana para as cerimónias religiosas.


Praça de Armas em Hondarribia
Igreja de Santa Maria da Assunção e Manzano de Hondarribia

Igreja de Santa Maria da Assunção e Manzano de Hondarribia
Praça Gipuzkoa em Hondarribia

Praça Gipuzkoa em Hondarribia


Hoje esteve um dia com temperaturas altas e já se pode observar algumas pessoas que estavam a frequentar a praia.


Estacionamento e pernoita na Rua Kattalin Erauso (coordenadas N 43º 21’ 52,6”  W 01º 47’ 58,7”)
Percorridos no dia 308 Kms


Sem comentários:

Enviar um comentário